Sem novos nomes para batizar veículos, fabricação de carros no Brasil entra em colapso

Novo modelo promete aposentar o cavalo. A conferir.

Novo modelo promete aposentar o cavalo. A conferir.

A indústria automobilística brasileira sofreu um baque na manhã desta quarta-feira. Uma pesquisa encomendada pelo setor apontou que não há mais nomes novos disponíveis para batizar veículos das montadoras.

– As linhas de montagem estão paradas. É muito prejuízo – afirma o diretor da FIAT para a América Latina, Juan Ribas.

Ribas conta que existem diversos novos modelos para serem fabricados mas que todos os nomes possíveis já foram usados, tornando inviável seu lançamento no mercado:

– Azera, Picanto, Amarok… isso mostra nosso desespero atual. Não há mais nomes possíveis.

Um grupo de estudiosos da USP apresentou uma solução paliativa – que nada tem a ver com o Palio – mas que pode ser a salvação da indústria:

– Não vemos outra saída senão recomeçar a lançar os carros desde a sua criação.Assim, ganhamos mais de 100 anos para pensar em outra alternativa – afirmou um dos pesquisadores.

Com a notícia a Ford já se antecipou e promete, já para o próximo inverno, o Ford-T na versão 2013 mas apenas na cor preta e sem ar condicionado.

No caderno de veículos do Mentira Diária, que sai aos sábados, você terá mais informações sobre o novo modelo da Ford e um exclusivo comparativo de desempenho com seu concorrente direto: o cavalo.

Anúncios


Categorias:Brasil, Economia

Tags:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: