Primeiro caso de viciado em cerveja sem álcool choca comunidade científica

Porta de entrada para drogas mais pesadas, o suco de laranja é o mais novo vilão da família brasileira e será controlado pelo Ministério da Saúde.

Porta de entrada para drogas mais pesadas, o suco de laranja é o mais novo vilão da família brasileira e será controlado pelo Ministério da Saúde.

Durante esta reportagem nosso entrevistado consumiu 2 engradados com 24 garrafas de 600ml cada, de cerveja sem álcool. Estes números mostram bem qual o problema abordado na matéria: o vício da cerveja sem álcool.

Roberto Godói é carioca, tem 39 anos e conta como entrou no mundo do vício:

– A porta de entrada foi o suco de laranja. Bebia litros de suco todos os dias mas não dava onda… aí parti para a água de côco. Daí para a cerveja sem álcool foi um pulo. Não larguei mais.

Médicos da divisão de narcóticos e entorpecentes do Hospital Salgado Filho estão intrigados com o caso, pois ele pode mostrar uma realidade desconhecida de todos, a de que mais pessoas sofram deste vício em silêncio.

Segundo os médicos que analisam Roberto, todos os órgãos internos do paciente se encontram em estado perfeito de funcionamento com exceção de um:

– Fígado, rins, pulmão… tudo normal. Mas achamos que há alguma deformação no cérebro do paciente, pois só isso explicaria uma pessoa preferir cerveja sem álcool – afirma o Clínico Geral Otomano Garcia.

A deformidade, segundo especialistas em neurociência, pode estar localizada no lóbulo frontal occipital perpendicular do cerebelo esquerdo de Roberto. Isso, porque alguns efeitos colaterais do vício já começam a aparecer. Roberto ama sua sogra, detesta futebol e tem toda a coleção de CDs do cantor Belo.

O governo federal já autorizou o envio de verba para a criação do primeiro centro de tratamento a esse tipo de viciado: o NAA – Não-Alcoólicos Anônimos”. A previsão é que lá possam ser tratados pacientes de cerveja sem álcool, sucos e outros itens.

Roberto se despediu da equipe de reportagem com um copo na mão e ao som da música “Perfume” de Belo. A família já não aguenta mais e pede a internação compulsória do paciente. O Mentira Diária apoia a vontade da família.

Anúncios


Categorias:Brasil

Tags:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: