Professores marcam manifestação pelo Google+ e apenas 4 pessoas comparecem

Imagem mostra Black Bloc na manifestação com pedras na mão, pronto para vandalizar, segundo coordenação do movimento.

Imagem mostra Black Bloc na manifestação com pedras na mão, pronto para vandalizar, segundo coordenação do movimento.

Uma manifestação de professores marcada pelas redes sociais chamou a atenção, nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro. Apenas 4 pessoas se reuniram em frente à Prefeitura da cidade. A ação, claro, não foi à frente. Segundo Paulo Serafim, líder da manifestação, não há um motivo certo:

– Fizemos tudo como manda o figurino. Ativamos as redes sociais para convocar a massa para nossa luta. Postei uma mensagem no Google+ e esperei a multidão.

Além de Paulo Serafim, apenas seu filho e sua esposa compareceram. Um quarto integrante foi contabilizado por Paulo, como participante da manifestação:

– Era um mascarado, Black Bloc. Tinha pedaços de pau na mão e tenho certeza que estava pronto para vandalizar as lojas.

Na verdade, o mascarado era um artista de rua que se fantasiava de palhaço enquanto jogava varetas para cima no sinal, em troca de moedas e gorjetas. Alertado do fato pela equipe de reportagem, Paulo manteve a contagem em 4 manifestantes.

Um novo protesto será marcado, segundo a esposa de Paulo. A ordem agora é não cometer mais equívocos:

– Vamos chamar todos novamente pelo Google+ e ainda incluiremos o Orkut. Pretendemos convocar os amigos na lista do MSN também.

O evento ainda não tem data definida.

Anúncios


Categorias:Brasil

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: