Black Blocs impedem que americano compre todas as latas de óleo em supermercado: “É nosso!”

Até agora não se sabe se a multidão no Mundial era uma manifestação ou o movimento normal do supermercado.

Até agora não se sabe se a multidão no Mundial era uma manifestação ou o movimento normal do supermercado.

Uma ocorrência de grandes proporções mobilizou toda a polícia do bairro de Ipanema, nesta terça-feira, no Rio de Janeiro. O tumulto parou o trânsito e provocou pânico nos moradores, que não conseguem se acostumar com as frequentes manifestações na cidade.

Segundo o comando da polícia, tudo foi causado por vândalos mascarados que impediam a saída de uma pessoa do supermercado Mundial do bairro, após fazer suas compras:

– Viemos garantir o direito que qualquer cidadão tem de ir e vir neste país.

Um dos mascarados falou ao Mentira Diária, sem se identificar, e explicou o objetivo da ação:

– Soubemos que um americano entrou no supermercado e comprou todo o estoque de óleo que havia nas gôndolas. O petróleo é nosso! Isso tem que acabar!

De acordo com o gerente do supermercado, tudo não passou de um mal entendido:

– O gringo é dono de uma lanchonete e quis aumentar o estoque dele, apenas isso. Aproveitou nossa promoção-relâmpago de óleo e deu no que deu. Esses Black Blocs têm que ser presos!

Repórteres do Mídia Ninja foram ao local para cobrir a manifestação mas se viram impedidos de iniciarem a transmissão pela internet:

– Coxa e sobrecoxa sem osso a R$ 4,99 o quilo é imperdível… preferi garantir o desconto!

Anúncios


Categorias:Brasil, Economia

Tags:, , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: